Notícias, Notícias gerais › 27/02/2019

Os inventores chineses

Por Carlos Veit

Utilizamos vários objetos na nossa vida que nem sabemos onde e quando surgiram, nem tampouco quem os criou. Nesse artigo vamos tratar de listar vinte grandes invenções chinesas, sendo que algumas delas existem há milhares de anos.

PAPEL. O que seria da nossa civilização sem o papel? Todo o conhecimento escrito, que tão fortemente marcou nossa cultura, começou há séculos com a invenção do papel. Seu criador foi Tsai Lun (50 a 121 d.C), um chinês que era um alto funcionário da dinastia Han. O papel foi inventado no ano 105 e era feito de uma mistura de fibras de bambu com casca de amoreira. Graças a essa invenção, Tsai Lun é considerado uma das dez pessoas mais influentes da história da humanidade.

PÓLVORA. Foi criada por alquimistas chineses no século IX da nossa era. Eles conseguiram o efeito desejado através de uma mistura de carvão vegetal, potássio e enxofre.

BÚSSOLA. Criada pelos chineses no século IV a.C., ela foi fundamental na expansão da navegação pelo mundo. A ideia era simples, mas genial. Descobriram que uma agulha magnética era atraída em direção aos polos da Terra. Ela foi aperfeiçoada em 1280 pelo italiano Flávio Gióia.

SEDA. A sericicultura existe há cerca de cinco mil anos. Trata-se da criação do bicho-da-seda e está ligada à amoreira. É a atividade agroindustrial mais antiga do mundo. A seda era o produto mais caro da China e no começo era confeccionada para homenagear os imperadores. Ela era feita da fibra branca dos casulos do bicho-da-seda e era um segredo muito bem guardado pelos chineses. A seda era tão importante que foi criada a Rota da Seda, um importantíssimo meio de comércio e troca de culturas entre a Ásia e a Europa.

NÚMEROS NEGATIVOS. Esses números são fundamentais para os cálculos matemáticos e apareceram na China há cerca de dois mil anos. Eles surgiram no livro ‘‘Nove capítulos sobre a arte da matemática’’, também na dinastia Han.

PAPEL MOEDA. Houve um tempo em que faltou cobre na China para continuar a confecção de moedas. Foi necessário, então, criar um novo sistema monetário. Isso ocorreu no ano de 806 da nossa era, ou seja, cerca de 800 anos antes do papel-moeda começar a ser utilizado na Europa.

TINTA. A escrita foi criada por volta de 4000 a.C, na Mesopotâmia, pelos sumérios. No entanto, era um tipo de escrita cuneiforme, talhada em pedras ou placas de argila. Os chineses inventaram a tinta por volta de 2500 a.C. Ela era feita de uma mistura de óleo de lampião, almíscar, gelatina e fuligem. Sem dúvida, com a tinta, a escrita ficou facilitada, inclusive podendo-se usar cores diferentes.

SINO. Outra invenção chinesa foi o sino. Sua origem data de aproximadamente 3000 a.C. e era usado em rituais como instrumento musical.

MACARRÃO. Um dos alimentos mais populares do mundo até os dias de hoje foi levado da China para a Itália em 1292, pelo viajante Marco Polo.

PAPEL HIGIÊNICO. Durante o século VI apareceu na China o registro mais antigo sobre a existência do papel higiênico; afinal, não foram eles que inventaram o papel? Um oficial do governo emitiu uma nota alertando e proibindo o uso de papéis com textos filosóficos como papel higiênico. Bela recomendação!

SISMÓGRAFO. Esse aparelho identifica movimentos ocorridos no solo, quer sejam naturais ou provocados por humanos. Ele é muito útil para detectar terremotos e enviar equipes de ajuda nos casos mais graves. Versões bem rudimentares desse aparelho foram criadas pelos chineses por volta do ano 132 a.C.

ESCOVA DE DENTES. Um dos objetos mais utilizados no mundo inteiro e fundamental para a higiene bucal foi inventado pelos chineses no século XV. Em uma enciclopédia chinesa de 1498 a escova de dentes era descrita como feita de ossos de javali com pelos curtos e grossos do animal presos ao osso.

JOGOS DE CARTAS. Quem não gosta de um carteado com os amigos? Esse tipo de jogo, tão popular entre todos os povos, foi inventado pelos chineses no século IX, na dinastia Tang.

ESTRIBO. Quem anda a cavalo sabe da importância dos estribos. Eles foram criados por volta do ano 300 a.C, na região oeste da China, e eram feitos de cerâmica.

GARFO. Os primeiros garfos eram feitos de ossos e foram encontrados em sítios arqueológicos na China. Eram aproximadamente do ano 2400 a.C.

TIPOS MÓVEIS. A invenção da imprensa moderna é atribuída ao alemão Johannes Gutenberg, por volta de 1450. No entanto, um alquimista chinês, chamado Bi Sheng, já tinha inventado os tipos móveis no ano de 1041. Ele moldou ideogramas em pequenos blocos de argila e depois os levou ao forno para endurecê-los. Dessa forma, ele podia ir montando as palavras, cobertas por uma espécie de tinta, que queria que aparecessem impressas no papel.

PIPA. Atualmente é utilizada como um brinquedo infantil. É também conhecida como papagaio ou pandorga (RS). Antigamente, era usada como instrumento de comunicação. Ela foi inventada na China e descrita pelo filósofo Mo Tzu há cerca de 3000 anos.

DOMINÓ. Esse prosaico jogo que tanto distrai as pessoas foi criado pelo chinês Hung Ming, no século III a.C.

PARAQUEDAS. Por volta do ano 90 a.C. surgiram lendas na China de que alguns homens pareciam voar, usando chapéus flutuantes. Os primeiros paraquedas foram criados por prisioneiros que tentavam fugir pulando de torres ou de colinas.

FOGOS DE ARTIFÍCIO. Logo após a invenção da pólvora, os chineses inventaram os fogos de artifício. Eles têm cerca de mil anos e ainda hoje emocionam e são vistos nos céus do mundo inteiro.

Conhecer diferentes culturas é uma forma de valorizar a contribuição dos povos para a sociedade e o mundo contemporâneo.

Deixe o seu comentário





* campos obrigatórios.