VATICANO › 14/10/2020

Encíclica ‘Fratelli Tutti’: reconhecer o outro e repensar as relações entre pessoas e povos

Fratelli Tutti: a encíclica social do Papa Francisco para o mundo em e pós-pandemia – Diocese de Santo André

Em nova encíclica social, Papa Francisco defende ampla revisão dos valores que inspiram a vida no mundo globalizado

Inspirado nas palavras de São Francisco de Assis, o Papa Francisco defende que um mundo mais justo e fraterno só pode ser construído se repensarmos nossas relações, tanto as pessoais quanto o convívio entre nações. Devemos lembrar que sem o outro não somos nada: “O amor rompe correntes que nos isolam e nos separam, construindo pontes”, diz o Sumo Pontífice em sua terceira encíclica, Fratelli Tutti (Todos irmãos), publicada neste domingo, 4.

O documento de oito capítulos é uma abrangente análise das relações humanas. Definido pelo Papa mesmo como “encíclica social”, o texto reúne pensamentos já expostos em outras ocasiões, os organiza, mas também desenvolve alguns elementos novos, em sintonia com a tradição da Igreja.

O texto tem como pano de fundo a crise atual, a pandemia de COVID-19, mas ela aparece apenas como contexto histórico, escancarando problemas já existentes, como a desigualdade entre nações, a indiferença com os mais pobres, as guerras, o drama dos migrantes, e os calorosos confrontos das redes sociais, por exemplo.

O remédio contra o egoísmo e o individualismo são a fraternidade e a “amizade social”, uma forma de amor a ser vivida não só em palavras, mas, também, em fatos, no dia dia. Para tanto, é preciso reconhecer que “estamos todos no mesmo barco”, que a Terra “é nossa casa comum”, e que somente resolvendo os problemas dos outros teremos os nossos próprios simplificados.

Como é típico do Papa Francisco, em Fratelli Tutti, os pobres e “descartados” assumem grande protagonismo. Além do Santo de Assis ser diretriz, o Papa afirma que a “prepotência dos mais fortes” precisa dar lugar a sociedades mais conscientes das “características e processos próprios” vividos na base.

 

Texto retirado do site pt.aleteia.org em 14 de outubro de 2020. 

Deixe o seu comentário





* campos obrigatórios.